MICROFONES SEM FIO EM 700MHz NÃO FUNCIONARÃO CORRETAMENTE. ENTENDA!

Atualizado: 27 de fev. de 2021

A licitação da faixa dos 700 Megahertz para o 4G/LTE causou polêmica no Brasil. Com a entrada da TV digital o serviço de banda larga móvel de quarta geração que só funcionava na faixa dos 2,5 Gigahertz passou a usar 700MHz, justamente a faixa em que boa parte dos microfones sem fio trabalham.


Nos Estados Unidos e  Europa, esta banda já é usada para a telefonia 4G, isto porque além de maior alcance, a baixa frequência apresenta menos ruídos e interferências.



A TV digital opera em uma frequência muito próxima aos 700MHz. Quem dita as regras desse jogo é a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). E para que o Brasil tenha um 4G de qualidade sem interferir no bom funcionamento da TV digital, cabe a ela definir claramente e com rigor as bandas de frequência que cada um desses serviços deverá funcionar.



Há ainda as faixas livres dentro dos espectro de 700mhz?

No momento as subfaixas não licitadas na faixa de 700 MHz (Res. 625) são:

  • O bloco 1 (703 a 708 MHz e 758 a 763 MHz);

  • Os blocos 2 e 3 (708 a 718 MHz e 763 a 773 MHz), exceto na área da ALGAR (lote 5 do Edital), conforme figuras abaixo.


O que isso tudo tem a ver com os sistemas e microfones sem fio?

Como esta faixa será destinada ao 4G, não será mais possível usar sistemas na faixa de 698MHz a 806MHz. Alguns microfones sem fio, monitores pessoais (in-ears), sistemas de comunicação sem fio (intercom) e outros usam a faixa de UHF podem ser afetados.


Qual o impacto sob o ponto de vista jurídico para microfones que atuam em faixas ocupadas pela telefonia?

Os produtos podem utilizar o espectro radioelétrico, com exceção das faixas com restrição de uso descritas na própria resolução, desde que os mesmos não causem interferências em sistemas operando em caráter primário ou secundário. Com a publicação do Ato nº 14.448/2017 a ocupação da faixa de 700 MHz, caso o produto cause interferência, ele deve cessar seu funcionamento.


Mas eu terei problemas se continuar usando o meu microfone na faixa de 700MHz?

A longo prazo com certeza. A curto prazo, pode ser que tenha sorte e o 4G seja mais fraco na região onde você vai usar o microfone, ou mesmo a sua cidade pode levar um tempo maior para colocar o 4G em ação. Mas, quanto mais o tempo passar, mais pessoas usarão o sistema 4G em 700MHz, mais denso ficará este espectro e mais difícil ficará usar um sistema sem fio nesta faixa. 


Posso mandar o meu sistema sem fio  para a assistência técnica ou mesmo para a fábrica para que troquem a frequência?

Não. A troca da frequência requer a troca de centenas de componentes eletrônicos específicos e também uma reprogramação completa e ajustes. Isto custa muito caro – mesmo se fosse possível. Veja, muitos destes microfones e sistemas de monitor pessoal têm mais de 10 anos de vida e muitas vezes os componentes não são mais vendidos ou fabricados.


Terei que trocar os meus acessórios como antenas, cabos, distribuidores, combinadores, splitters?

Muito provavelmente não, pois estes equipamentos foram projetados para trabalharem na mesma faixa de frequência em UHF que teremos agora: 470MHz a 698MHz. 

2.714 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo